Escolha uma Página

13222

Quem é Adriano Diogo?

LUTAR, RESISTIR E JAMAIS DESISTIR

“Os 10 anos que atuei na Assembléia Legislativa, foram os melhores anos da minha atuação política, quero voltar por que eu acho necessário ter esta janelinha aberta para o povo”

Apoie essa campanha! 

Adriano Diogo quer continuar a batalhar pela democracia brasileira. Quer voltar à ALESP principalmente neste momento em que o país passa por tantos retrocessos. É um dos mais preparados para continuar sua luta de décadas pela garantia dos direitos humanos, tão abalada após o golpe de 2016.

Adriano Diogo é um dos políticos mais combativos e corajosos de São Paulo. Enfrentou a ditadura militar e a tortura. Já como estudante não abaixou a cabeça nem se esquivou da luta. Esteve presente e atuante nos grupos de teatro popular, na ocupação da Maria Antônia, no Congresso da UNE em Ibiúna e na Greve de Osasco. Assim estabeleceu sólidas ligações entre a luta estudantil e a sindical. Mais tarde criou elos entre as comunidades eclesiais de base e os movimentos sociais contra o regime militar. Fundou o PT junto com Lula e outros fundadores e, claro, participou das campanhas pela Anistia e  pelas Diretas Já.

Adriano Diogo é sinônimo de luta pelos direitos humanos. Perseguido, testemunhando na carne os horrores durante a ditadura militar (1964-1986), respondeu a isso. Fez a sua parte pela Verdade, Memória e Justiça quando presidiu a COMISSÃO DA VERDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO RUBENS PAIVA. Comissão que investigou e divulgou os crimes cometidos pela ditadura militar em nosso estado. Ampliou a luta na apuração dos crimes cometidos em plena democracia, como os CRIMES DE MAIO de 2006, a CPI DOS TROTES, o SOS RACISMO e o COMITÊ ESTADUAL DE PREVENÇÃO E COMBATE À TORTURA no Estado de São Paulo.

Em seus quatro mandatos de Vereador, de 1989 a 2003, “embrenhou-se” na ignorada área do meio ambiente. Contribuiu também cpm a saúde pública, educação, e moradia popular das regiões periféricas. Em 2004, como Secretário do Verde e do Meio Ambiente —durante prefeitura de Marta Suplicy – e com a experiência acumulada  —Adriano Diogo escolheu a gestão engajada na participação popular e inovadora, numa tenaz construção da política ambiental para a cidade.

O momento político que vivemos TORNAM A CORAGEM E EXPERIÊNCIA DE ADRIANO DIOGO INDISPENSÁVEIS na batalha pela democracia brasileira e  no combate a tantos golpes e retrocessos.

Faça sua doação

Temáticas da Campanha

CONTRA A INJUSTIÇA

A luta sem trégua pela MEMÓRIA, VERDADE E JUSTIÇA em relação aos crimes cometidos durante a ditadura militar, fez ADRIANO DIOGO incansável na LUTA CONTRA A INJUSTIÇA,  que atinge em cheio a população pobre e negra, indígena, mulheres, LGBTIs e todos aqueles vulneráveis a atitudes covardes, principalmente aquelas com o aval do Estado.

LUTA POR DIREITOS SOCIAIS

Dando ESPAÇO, VOZ E ESCUTANDO sempre os movimentos sociais e periféricos ADRIANO DIOGO consegue atuar na fechada Assembléia Legislativa de São Paulo, ARTICULANDO AS DIFERENTES VOZES NA LUTA POR DIREITOS SOCIAIS, como as Associações Comunitárias, as Congregações Religiosas e seus militantes, normalmente abandonados pelo poder público.

CULTURA É UM ATO POLÍTICO

A Cultura Popular e as outras diferentes manifestações culturais, na visão de ADRIANO DIOGO, são instrumentos políticos, que precisam de cuidado, atenção, investimento. A CULTURA foi UMA DAS FERRAMENTAS DE SUA ATUAÇÃO NA RESISTÊNCIA À DITADURA e continua sendo um dos seus focos mais prazerosos de seu trabalho.

MEIO AMBIENTE É SAÚDE

Desde o começo como vereador, Secretário do Meio Ambiente, e Deputado Estadual, e até pela sua formação em Geologia, ADRIANO DIOGO empenhou-se em atuar na construção e regulamentação de leis municipais e estaduais, além de militar junto aos MOVIMENTOS DE DEFESA DA SAÚDE PÚBLICA, como por exemplo a LUTA ANTIMANICOMIAL.

Receba nossas atualizações

Por Whatsapp

Adicione o número nos contatos do celular e receba nossas atualizações diretamente no seu Whatsapp.

(11) 98551-6796

Por Email

É só digitar aqui o seu email e apertar o botão para enviar.